Melina Souza

Melina Souza


Katrina Shafer

Caiti Borruso

Katrina Shafer

Mario Zamora

 

Mario Zamora

Martin

Zi Nguyen

 

Zi Nguyen

postka

Anúncios

Construindo Projetos Fotográficos

Tags

, , , , , , , , , , , , ,


topo_projetos_fotograficos.jpg
Há algum tempo, recebemos uma sugestão de pauta sobre construção de séries fotográficas. Querendo ou não, a palavra “série” carrega uma responsabilidade enorme ao trabalho. Vamos começar chamando-o, então, de “projeto”. Um projeto fotográfico soa mais fácil, certo? Só soa. A determinação e o empenho são importantíssimos, independente do rótulo que se dê ao conjunto de fotografias.
abc_fotografia.png

Definindo o conceito:

Em relação à estética, tudo já foi produzido. Tente imaginar o tamanho do banco de dados doFlickr e do 500px e comprove essa teoria. Quer uma foto de papel higiênico? Tem lá! O que muda (sempre!) é a ligação e a interpretação de quem cria para com o que foi criado. Na fotografia autoral, essa é a parte que define os rumos do trabalho. É o significado que a fotografia tem para o fotógrafo, que é particular e indescritível. Às vezes, um projeto se expressa de diferentes maneiras sobre as pessoas, mesmo que, para o fotógrafo, a interpretação seja outra. Esse é o mal ao qual o artista precisa se submeter, a não ser que mantenha toda a sua produção guardada na gaveta.
henrique_resende_1.jpg
henrique_resende_3.jpg

Liberdade:

Felizmente, a fotografia autoral dá liberdade para que se produza o que vier na cabeça. “A fotografia é minha e, por isso, eu faço dela o que quiser.” Mas é importante, também, ter consciência do que se está fazendo. Um princípio artístico (visual ou narrativo) só pode ser defendido quando o artista souber que ele existe, aceitar essa existência e assumi-la como estilo pessoal.
francine_de_mattos_1.jpg
francine_de_mattos_2.jpg
No seu projeto pessoal sobre crianças, Francine de Mattos fotografou todos os retratos de um ângulo que, ao olhar de muitos, supõe “superioridade”. Ela assumiu essa característica e não se preocupou com as críticas.

Fator “tempo”:

Na execução de um projeto fotográfico, o tempo exerce duas funções: a do amadurecimento do conceito e, consequentemente, de quem o criou (raras vezes permanecemos fiéis à ideia inicial); e da modificação dos assuntos fotografados. Nunca crie nada em pouco tempo ou com pouco tempo.
O mais comum dos projetos fotográficos é o 365, uma fotografia por dia durante um ano. Nesses casos, compare a qualidade (luz, composição, criação) das primeiras fotografias com as últimas. Muitos desses projetos envolvem autorretratos; tente observar também como a aparência do retratado muda.
joeri_bosma.jpg
O projeto 365 do fotógrafo Joeri Bosma, de 17 anos. À esquerda, a 29ª imagem; à direita, 342ª.

Divulgação:

Nunca crie nada objetivando alcançar um público muito grande ou específico. Infelizmente, na maioria dos casos, o alcance do projeto tem a ver com o status que o fotógrafo já possuía antes. É importante divulgar? Sim. Mas não se esqueça: Fotografe, antes, por satisfação própria, e não para mostrar aos outros o quê você fez. Deixe o projeto em banho-maria até que você esteja certo sobre ele.

Profissão: Fotografo

Tags

, , , , ,


Pra quem acha que ser fotógrafo(a) é só ter uma câmera profissional e sair por aí tirando foto do céu, paisagens e flores está muito enganado. É muito mais do que isso: são fundamentos, teorias, perder dias e dias estudando, desde o simples princípio de como ligar uma câmera até qual lente usar para tal situação a ser fotografada. Assim como qualquer outro profissional, o fotógrafo não é apenas aquele que aperta o botão e dispara o flash. Ser fotógrafo envolve muito mais.
Para ser um profissional dessa área é preciso estudar muito e se dedicar pra valer ao que quer, ou você será só mais um com uma câmera bacana. E é aquela velha história o que faz o fotógrafo e ele mesmo e não sua câmera.
Mais sobre a profissão:
Quanto ganha: O salário médio inicial de um fotógrafo é R$ 1.500, mas depende da área. Há profissionais que recebem por trabalho realizado, que pode chegar a R$ 400 por uma saída de três horas.
Precisa gostar de… Arte! Além disso, tem que ter visão para conseguir olhar a cena e ver o que pode ficar bacana ou não.
Onde trabalhar: Em jornais, revistas, livros, agências de publicidade, gravadoras, empresas e estúdios fotográficos.
Faculdade ou curso de fotografia: Há duas opções: bacharelado, que dura quatro anos, e técnico que leva em média dois anos. Os dois cursos possuem aulas teóricas e práticas. Entre as disciplinas estão: história da arte, história da fotografia, teoria da comunicação, forma e composição, filosofia da imagem, fotografia publicitaria, digital, de eventos, direção fotográfica e fotojornalismo. Há aulas também em laboratórios de revelação.
Dica! É importante estar sempre se atualizando. Há muitos workshops e cursos de curta duração com temas específicos.
E então quem aí quer ser um fotógrafo(a) profissional? Eu gosto muito de fotografia mas acho que não a ponto de trabalhar com isso. Ah quem quiser saber mais sobre alguma profissão, deixe nos comentários que vou tentar fazer um post sobre. Beijos!
Fonte: 12.
Créditos: Bruna Brito

10 famosos que você precisa seguir no Instagram!

Tags

, , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


Bom dia! Quem aqui consegue viver sem o querido Instagram? Hahahaha, impossível, né?! Pois fique sabendo que os famosos adoram e também não conseguem! Listamos 10 celebridades que usam direto o querido aplicativo e postam sempre fotos para suas fãs ficarem ligadinhas nas novidades.

Confira! :}

1. Joe Jonas
2. Zooey Deschanel
3. Marina Ruy Barbosa
4. Di Ferrero (Nx Zero)
5. Lua Blanco
6. Justin Bieber
7. Manu Gavassi
8. Taylor Swift
9. Fiuk
10. Bruna Marquezine 

E aí, tá esperando o que pra seguir?! ;P

Créditos Vicky

Fotos mais bonitas apenas com o Iphone

Tags

,


Hoje vim aqui para desmitificar essa de que “só se pode tirar fotos lindas, se tiver uma câmera, caríssima” então trouxe aqui algumas dicas e aplicativos bem legais para vocês olharem.

MINI LENTES:

As lentes embutidas dos celulares têm uma distância focal equivalente a uma 50mm em uma full frame, ou seja: oferecem um ângulo de visão bem versátil. Mas para conseguir pontos de vista diferentes existem essas pequenas lentes que transformam a lente padrão em Fish EyeGrande Angular e Macro:

Com essas lentezinhas se pode conseguir resultados super criativos e que muitas vezes me deixam com inveja. Veja abaixo exemplos de uso de cada uma. Duvido que à primeira vista você diria que é foto de celular:

1. Lente Macro (+ Filter Storm) | 2. Lente Fish Eye (+ Instagram) | 3. Lente Wide (+ Pro HDR)

• Você pode comprar lentes como essas em sites de bugigangas chinesas como PhotojojoDealExtreme e Ebay. O preço fica em torno de 20 dólares por lente.

CAMERA +:

Sua maior vantagem é poder ter controle sobre a área de foco e a trava de exposição separadamente, dando bem mais controle sobre o resultado que você quer. Ele também tem Timer, Multiburst, um estabilizador e filtros (que são pagos à parte, infelizmente.)

• Camera +: U$ 0,99 – Compre na App Store. O App Camera Awsome é bem parecido e é grátis!

Pro HDR:

Este com certeza é um dos melhores aplicativos para turbinar a câmera do iPhone:eu sou viciada nele e não é por menos. Com o Pro HDR dá pra fazer HDRs verdadeiras (não aquela fakezinha que já vem no aplicativo de Câmera) e o resultado fica realmente impressionante. Muito mais fácil do que fazer uma HDR de verdade, por sinal. 😉 A foto já sai assim da câmera…

O aplicativo tem uma versão mais rápida (que faz a foto rapidinho e tem uma qualidade mais baixa) e uma versão mais demorada (que resulta em imagens consequentemente melhores.)

• Pro HDR: iPhone e iPad – U$ 1,99 – Compre na App Store.

SLOWSHUTTER:

Um efeito super interessante de se fazer com câmeras mais robustas são efeitos de longa exposição. Sabe quando aquela cachoeira fica parecendo um véu? Então… Teoricamente não dá pra fazer isso com câmeras de celular por limitação de hardware. Mas o pessoal que criou o aplicativo SlowShutter deu um chapéu na limitação e conseguiu oferecer essa possibilidade.

Como provavelmente o aplicativo permite esses efeitos por meio de soma de várias fotos (e não uma longa exposição verdadeira) não dá pra usá-lo em situações de pouca luz. Mas já dá pra criar efeitos interessantes e até Light Painting!

• SlowShutter: iPhone e iPad – U$ 0,99 – Compre na App Store.

OBS: naturalmente essas dicas valem para fotos pessoais – não preciso nem dizer que a qualidade de fotos de celular é o suficiente para uso na Web e pequenas Impressões, mas não muito além disso. 

Style Coolture

Moda Masculina - Men's Fashion

Cereja de Neve

"Estilo único e verdadeiro que mora no Rock'n'Roll"

mynameisglenn

Blog de moda, estilo, decoração, música, comportamento, beleza e muito mais!

Fun Closet

Moda e muito mais....

Fash'n'Blog

just another fashion blog

Nada de Grife

Moda de rua. Porque é na rua que a moda se cria independente de idade, cor ou lugar. É lá que surgem as ideias e as tendências ditadas no mundo todo. É lá que mora a moda de verdade, com grife ou sem.

niinasecrets.wordpress.com/

secret tips you find here !